sábado, fevereiro 18, 2012


Acredito que o tempo passa muito depressa para ficar pensando se vai ou não dar certo. Pensar é bom, mas agir é bem melhor. O complicado, de fato, é ser capaz de descomplicar. Estamos todos dentro de uma caixa gigante,  feita de paradigmas e regras que até hoje eu desconheço a autoria. Mas a maioria de nós decide pelo certo e errado do que está nesta caixa. Assim pode, assim é feio, deste jeito é certo, deste outro está errado. Faça isto, faça aquilo, seja assim, seja assado. Que loucura! Ninguém dá conta de ser do seu jeito! Daí acontece a tragédia: como desejamos ser aceitos, então fazemos o que agrada aos outros. Morremos de medo do julgamento de pessoas que às vezes nem conhecemos.  Jeito esquisito de desfrutar a vida! Aliás, é fundamental saber que “desfrutar” significa “aproveitar com prazer”. Sendo assim, preciso perguntar: - Será que realmente desfrutamos da vida? Aproveitamos com prazer os nossos dias? Provamos do suprassumo da nossa caminhada? Ou perambulamos pela vida como um caminhante no deserto à procura de um oásis? Tão sedento que apenas uma poça barrenta nos sacia. Sobrevivência é o nome do jogo. Somos sobreviventes no deserto seco, na escassez, na penumbra, perdidos, solitários!
Estamos cansados, todos nós! Queremos sair da caixa. Ser felizes, desfrutar. Desejamos ser nós mesmos, poder expressar nosso cansaço, nossa dor, nossa alegria, vitalidade, energia, brilho luz... Despidos nos modelos antigos, das verdades dos outros, dos mitos. Apenas Ser.
Experimente apenas por um dia:  sorria mais, pense menos. Compartilhe sem esperar nada em troca. Dê um abraço sem pretensão de receber sequer um sorriso de volta. Diga mais vezes o quanto as pessoas são importantes para você, mesmo que elas estejam carrancudas e mail humoradas. Quando alguém te virar as costas, dê meia volta e diga “Olá”, assim mesmo. Dê esperança à alguém, mesmo que você já não tenha nenhuma. as Perdoe uma ofensa neste dia. Perdoe ao menos um erro que você mesmo tenha cometido. Visualize um futuro tão irresistível a ponto de você repetir esta experiência mais vezes. E aprenda a respirar... A mágica acontece. De repente parece que o planeta inteiro pensa como você, sente como você, sonha como você, ama como você! E desfrute, ou seja, aproveite a vida com prazer!






Digite aqui o resto do post

Nenhum comentário: