quinta-feira, setembro 30, 2010


Todos queremos ter sucesso e sermos felizes, não é?

Se você sair por aí perguntando às pessoas o que elas mais querem na vida, as respostas da grande maioria serão: Eu quero ter sucesso! ; Eu quero ser feliz! E eu tenho certeza de que é verdade. É o que todos queremos. Passamos toda a vida tentando atingir este objetivo básico. Viver com alegria, abundância, plenitude, paixão. Que gostoso seria! Se a vida fosse assim, qual seria a sua atitude? Que maravilha se não houvesse problemas, conflitos! Ah, que sensação maravilhosa! Então, se sua vida fosse assim, como seria seu comportamento? Como você se relacionaria com as pessoas? E você tem as respostas na ponta da língua. Sabe exatamente como você agiria, como se sentiria de sua vida fosse repleta de realizações e felicidade.
A cada dia as pessoas vivem numa busca desesperada e frenética para ser mais feliz. E procuram das mais diversas formas: nos seus relacionamentos, na sua carreira profissional, no desenvolvimento do seu currículo, através do conhecimento, estamos de fato empenhados em conseguir atingir os mais diversos objetivos, que inconscientemente tem um único propósito: SER FELIZ! Cada vez que não conseguimos, encontramos rapidamente uma razão pelo fracasso.
Os famosos sabotadores do sucesso e da alegria: as desculpas! Elas é que perpetuam a vida do jeito que ela está: insossa, preto e branco, mais ou menos, na média, agitada e com pressa, frustrada. Nossa! Poderíamos ficar horas escrevendo características.
E quer saber o que é pior: encontramos muitos culpados para os nossos fracassos sejam eles na vida pessoal ou na vida profissional. Os eventos, as circunstâncias, as outras pessoas. E aí desejamos ardentemente que o mundo mude, que as pessoas nos entendam, que sejam flexíveis, queremos que elas enxerguem o mundo sob a mesma perspectiva que nos enxergamos. Como seria bom se o chefe fosse mais isto ou aquilo. Se nossos filhos, se o esposo ou a esposa, se e mais se. E cada vez que percebemos que estes são acontecimentos impossíveis. As pessoas, os fatos não mudarão.
Porém, quando decidimos de uma vez por todas, assumirmos a responsabilidade pelo nosso resultado uma mágica acontece. Começamos a focar toda a nossa energia naquilo que realmente desejamos. Passamos a encarar os desafios não como barreiras ou obstáculos, mas sim como aprendizados e experiências. As pessoas ao nosso redor sente-se contagiadas diante do nosso entusiasmo e alegria. O mundo é uma goma de mascar: assume a forma dos seus dentes. O mundo é assim porque você é assim. Mude, e o mundo muda!

Nenhum comentário: